Marcas poderão se beneficiar com mudança no Snapchat, por Flavio Maluf

A forma como as empresas promovem suas marcas pode ter encontrado um precedente favorável no Snapchat. Isto pelo fato do aplicativo ter modificado sua área de busca, suscitando maior divulgação de anúncios e outros formatos de estratégia mercadológica. A mudança no design foi apresentada aos usuários no dia 12 de janeiro e, embora recaia mais para o aspecto estético da rede social, organizações poderão se valer disso para reforçarem os laços com o consumidor por meio da web, noticia o empresário Flavio Maluf, líder da Eucatex.

Inicialmente as alterações puderam ser percebidas apenas nos aparelhos que utilizam a tecnologia Google Android, no entanto, os responsáveis pelo Snapchat anunciaram que brevemente as tornarão disponíveis também para outros tipos de plataformas. Para Jason Stein, CEO da empresa Laundry Service, houve inspiração de outros aplicativos, sobretudo asiáticos, quando se pensou em elaborar uma nova maneira de alterar a página de busca. Segundo ele, o WeChat, oriundo da China e o Line , que surgiu no Japão, foram as bases para as novas atualizações.

Stein acredita que muitos outros aspectos podem ser modificados e que s otimização do mecanismo de busca é apenas o início de uma série de transformações que o Snapchat virá a apresentar. Ele defende a ideia de que, uma vez copiado o estilo da plataforma, também haverá a intenção de se espelhar quanto ao modelo de gestão adotado, tendendo a seguir os mesmos rumos das empresas que administram os aplicativos asiáticos. Flavio Maluf destaca que o executivo disse ter percebido que a rede social repensou o modo apresenta os conteúdos.

O representante da Laundry Service vislumbra um futuro promissor para as marcas que decidirem utilizar o Snapchat, pois com as buscas facilitadas, as empresas poderão pagar para que tenham maior visibilidade perante os usuários. Stein comentou acerca da ascensão que os asiáticos tiveram, já que conseguiram alcançar um público antes inesperado. Flavio Maluf aponta que Simon Lae, responsável pela agência Possible, citou que as mudanças aprimoram a experiência de quem utiliza o aplicativo, facilitando as formas de acesso e menciona as dificuldades encontradas antes da implantação de algumas ferramentas.

O Snapchat tem agregado paulatinamente, desde 2015, algumas marcas que esboçam o desejo de entrada no aplicativo, como Cosmopolitan, Buzz e Vice, para que atuassem na plataforma de criação de mídia, conhecida por Discover. Outro mecanismo chamado de Snapcode, permite aos usuários o escaneamento de anúncios e outros tipos de material publicitário fornecidos por diversas empresas. Dessa forma, potenciais clientes teriam maiores possibilidades no que se refere à busca de produtos e serviços de seu interesse, constituindo uma espécie de ponte entre as organizações e os consumidores, reporta Flavio Maluf.

O Instagram, por sua vez, desenvolveu o Stories, bastante semelhante ao concorrente, sobretudo em relação à ferramenta de vídeo. O diferencial perante a concorrência ocorre na maior facilidade que empresas encontram quanto à promoção de suas marcas, através da inserção de dados em grande volume. O Snapchat estuda realizar a abertura de seu capital, o que promete aumentar o fluxo de atividades comerciais, demandando maiores investimentos de empresas interessadas, sinaliza Flavio Maluf.

 

Medidas para finalmente abrir o seu negócio; Flavio Maluf reporta

Um novo ciclo se inicia. O ano começou e diversos futuros empreendedores se movimentam estrategicamente em busca de um lugar ao sol no mercado. No entanto, é comum que a maioria deles não saiba exatamente por onde começar ou tenha receio de tomar alguma atitude equivocada no início da empreitada. Diante disso, o empresário brasileiro Flavio Maluf, atento a tudo o que acontece neste segmento, reporta matéria publicada pelo Portal Exame, apontando quais devem sem os primeiros passos para que o seu negócio saia do papel em 2017.

De acordo com especialistas em mercado econômico, o setor tende a crescer em 2017 no Brasil, depois de um ano muito complicado como o de 2016. Ainda que o crescimento seja gradativo, conforme cita a reportagem abordada por Flavio Maluf, ele terá sido considerável ao final do ano, apostam os econômicos.

Logo, a época se mostra propícia para que novos empreendedores mergulhem a fundo no mercado e que apegados à ideias inovadoras e conceitos cada vez mais modernos, se consolidem nos mais diversos nichos de mercado.

Flavio Maluf república abaixo quais são os sete principais passos que você deve realizar neste novo ano, caso esteja pensando em colocar o seu empreendimento em funcionamento.

Os sete passos:

  • Pesquisa de mercado

O primeiro passo é conceber a ideia de seu negócio, evidentemente. Após isso, especialistas alertam que é preciso atestar que esta ideia está de acordo com a realidade e a atualidade da sociedade. Pesquisar é tarefa obrigatória.

  • Monte o seu plano

Após constatar que a sua ideia tem potencial, é hora de montar o seu plano de negócio – desde as etapas mais simples até conceitos mais complexos. Atividade principal, público alvo, potenciais clientes, fontes de receitas, planilha de custos. Você deve ponderar todos estes fatores.

  • Ponto comercial

O empresário Flavio Maluf ainda recorda que, conforme o material da Exame, o ideal é que o empreendedor aproveite períodos de baixa no mercado imobiliário para locar um ponto comercial, uma vez que as condições tendem a ser mais favoráveis. Isto refletirá numa redução considerável de seu investimento inicial.

  • Capacite-se

Gestão e mentalidade empreendedora são dois conceitos que estão em voga na atualidade. É imprescindível que o empreendedor se adeque ao cada vez mais exigente mercado e que se prepare de maneira sólida para encarar os desafios que estão por vir.

  • Recorra à um mentor

Outra figura que vem ganhando muita relevância no segmento empreendedor é o chamado mentor. Esta pessoa será responsável por guia-lo no início do seu negócio, apontando os caminhos, firmando parcerias e até realizando aportes financeiros, quando necessário.

  • Calendário

Organização é a alma de todo e qualquer negócio. Logo, é fundamental que você crie um mapa de atividades, sinalize os prazos e aponte quais sãos as metas e objetivos a serem cumpridos durante determinado período.

  • Presença digital

Por fim, Flavio Maluf recorda que a presença digital é a menina dos olhos do empreendimento moderno. A presença de sua marca na internet é um conceito absolutamente obrigatório para que o negócio prospere.

 

O perfil profissional de Flavio Maluf

Flavio Maluf é um empresário brasileiro que trabalha no Grupo Eucatex, atualmente na posição de presidente da empresa. Antes de assumir o posto, ele passou por diversas áreas da instituição, desde 1987. No início da carreira, formou-se em Engenharia Mecânica, na FAAP, Fundação Álvares Penteado, em São Paulo. Também morou em Nova Iorque, onde estudou Administração.

Ao longo da carreira, concluiu cursos de extensão e especialização: Contabilidade para não Contadores pela Peat Marwick, Management People pelo Citibank, Administração Rural pela FGV e participação no Seminário de Comércio Exterior da FGV.

Em entrevista ao site Emobile, Flavio Maluf relatou que se tornou presidente da Eucatex por convicção, já que não atuaria em uma instituição se não gostasse de sua profissão. Também menciona que dificilmente um executivo permanece no cargo se não conhecer ou gostar do que faz.

No Grupo Eucatex, atuou na área de trade, permanecendo no setor até o ano de 1996. Logo em seguida, foi convidado para o quadro de executivos, colaborando para bons resultados da empresa. Finalmente, em 1997, assumiu o posto de presidente, onde permanece até hoje. Em sua gestão, Flavio Maluf modernizou a empresa, além de trabalhar como um executivo presente.

O Grupo Eucatex tem uma longa história que se inicia em 1951. Com a produção de chapas e painéis, a instituição foi pioneira na utilização de eucalipto como matéria-prima. Com a primeira fábrica inaugurada em 1954, houve a produção de forros acústicos e chapas com outros materiais, como fibras de madeira e elementos isolantes. Com a rápida evolução do negócio, atualmente o empreendimento tem como clientes indústrias de construção civil e fabricantes de móveis. Em 2010, com a atuação de Flavio Maluf, uma nova fábrica foi inaugurada em Salto. Há ainda outra unidade, em Botucatu. No setor de construção civil, é fabricante de pisos laminados, portas, tintas e divisórias.

Ele ressaltou que a economia de escala deve ser eficiente, com sinergia entre os produtos. O fabricante deve ter em seu catálogo os produtos que o consumidor tem interesse em comprar, sempre com atenção às tendências do segmento. Com 25 anos de atuação, o empresário analisa que um dos avanços do setor é a produção de itens com desenhos diferenciados e brilho, para isso são feitos investimentos em novos produtos.

Flavio Maluf executivo participa de eventos beneficentes com a finalidade de ajudar a comunidade, como na colaboração com a antiga casa de Saúde Santa Emília, hoje conhecida como Hospital e Maternidade Ídio Carli.